Peixes no Rio Doce apresentam contaminação até 140 vezes acima do limite
Os seguintes avisos ocorreram:
Warning [2] Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/noti/noticiasnaturais.com/mybb/inc/db_mysql.php(2) : eval()'d code:9) - Line: 1721 - File: inc/functions.php PHP 5.3.28 (Linux)
File Line Function
[PHP]   errorHandler->error
/inc/functions.php 1721 header
/inc/class_session.php 338 my_setcookie
/inc/class_session.php 75 session->load_guest
/global.php 55 session->init
/showthread.php 22 require_once
Warning [2] Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/noti/noticiasnaturais.com/mybb/inc/db_mysql.php(2) : eval()'d code:9) - Line: 1721 - File: inc/functions.php PHP 5.3.28 (Linux)
File Line Function
[PHP]   errorHandler->error
/inc/functions.php 1721 header
/inc/class_session.php 343 my_setcookie
/inc/class_session.php 75 session->load_guest
/global.php 55 session->init
/showthread.php 22 require_once
Warning [2] Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/noti/noticiasnaturais.com/mybb/inc/db_mysql.php(2) : eval()'d code:9) - Line: 1721 - File: inc/functions.php PHP 5.3.28 (Linux)
File Line Function
[PHP]   errorHandler->error
/inc/functions.php 1721 header
/inc/class_session.php 83 my_setcookie
/global.php 55 session->init
/showthread.php 22 require_once
Warning [2] Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/noti/noticiasnaturais.com/mybb/inc/db_mysql.php(2) : eval()'d code:9) - Line: 1721 - File: inc/functions.php PHP 5.3.28 (Linux)
File Line Function
[PHP]   errorHandler->error
/inc/functions.php 1721 header
/inc/functions.php 1783 my_setcookie
/inc/functions_indicators.php 42 my_set_array_cookie
/showthread.php 585 mark_thread_read
Warning [2] Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/noti/noticiasnaturais.com/mybb/inc/db_mysql.php(2) : eval()'d code:9) - Line: 1721 - File: inc/functions.php PHP 5.3.28 (Linux)
File Line Function
[PHP]   errorHandler->error
/inc/functions.php 1721 header
/inc/functions.php 1783 my_setcookie
/inc/functions_indicators.php 218 my_set_array_cookie
/inc/functions_indicators.php 48 mark_forum_read
/showthread.php 585 mark_thread_read






Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Peixes no Rio Doce apresentam contaminação até 140 vezes acima do limite
01-04-2016, 05:43 PM
Resposta: #1
Peixes no Rio Doce apresentam contaminação até 140 vezes acima do limite
[Imagem: rio-doce-samarco.jpg]


Notícias Naturais

A contaminação por metais de alguns peixes do Rio Doce ultrapassa os limites permitidos por legislação em até 140 vezes. Este, por exemplo, é o nível de arsênio encontrado no peixe roncador, quando o máximo tolerado seria 1. É o que aponta o primeiro laudo produzido pelo ICMBio sobre pescados e mariscos da região, a que o jornal A GAZETA teve acesso, com exclusividade.
O relatório foi apresentado à direção de vários órgãos públicos – como Iema, Tamar, Ibama e o próprio ICMBio – e a pesquisadores em seminário realizado entre os dias 15 e 16 deste mês. Mas ainda não foi divulgado à população por nenhum deles.

O laudo faz parte de um conjunto de estudos que vem sendo desenvolvidos no Rio Doce após o desastre ambiental causado pelo rompimento de uma barragem da Samarco, na cidade mineira de Mariana. São executados por professores de várias universidades e vários órgãos públicos ligados a área ambiental. Há expectativa de que o relatório dos pescados e outros sejam divulgados esta semana pelo Ministério do Meio Ambiente.

Excessos

As conclusões do documento produzido pelo ICMBio não deixam dúvidas: “Há contaminação da água com metais acima dos limites permitidos pela Resolução 357, do Conama”. E mais: “Há contaminação de pescados (peixes e camarões) acima dos limites permitidos pela Resolução 42, da Anvisa”.

Diz ainda que a contaminação atingiu as unidades de conservação e de preservação ambiental no entorno da região: o Arquipélago de Abrolhos, a Costa das Algas e o Refúgio de Vida Silvestre de Santa Cruz. Em todas elas houve pontos de coleta de amostras para o estudo, assim como na Foz do Rio Doce – Norte e Sul – e na região de Barra Nova.

Além do arsênio, o roncador citado no início da matéria também está contaminado por cádmio (12 vezes acima do limite) e chumbo (5 vezes a mais do que o permitido).

Não é diferente com o camarão, outro recordista: chega a ter 88 vezes o limite de arsênio (que é de 1) - mas foram encontradas espécies superando o limite em 115 vezes -, além de 5 vezes mais cádmio e 5 vezes mais chumbo do que a legislação estabelece.

E o que dizer do peroá, tão popular em nosso Estado, que supera os limites de arsênio em 34 vezes e tem quase 3 vezes mais cádmio do que o permitido. É acompanhado de perto pelo linguado, que ultrapassa os limites de arsênio em 43 vezes, 9 vezes o de cádmio e 6 vezes o de chumbo.

Também é complicada a situação da água na região. Os resultados apontam contaminação por chumbo total quase 10 vezes superior ao limite do Conama (que é de 10). Também foi superado em 9 vezes o nível de cobre dissolvido (que é 5) e duas vezes o de cádmio total (5).

Segundo João Carlos Thomé, o Joca, coordenador do Tamar e representante do ICMBio junto às universidades e demais órgãos, o estudo a que A GAZETA teve acesso foi desenvolvido pelo professor Adalto Bianchini, da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).
É uma prévia, diz Thomé, de um relatório que trará mais detalhes sobre a situação. “O Bianchini possui o melhor laboratório de ecotoxicologia do país e ficou encarregado de analisar a situação dos pescados e mariscos da região”, explicou.
Joca observa que é exatamente pelos dados levantados pelo estudo que a pesca está proibida na Foz do Rio Doce entre Barra do Riacho, Aracruz, até Degredo/Ipiranguinha, em Linhares. A decisão partiu da Justiça Federal, no final do mês passado, por tempo indeterminado.
Os poucos detalhes já divulgados são considerados extremamente preocupantes, como destaca o consultor ambiental Marco Bravo. “É uma contaminação muito grave, por metais que vão se acumulando no organismo destas espécies e que não são eliminados. E vão comprometer a saúde. É um risco para a comunidade. Não há dúvidas”, diz.
Além da saúde, destaca Bravo, também a economia da região será afetada por tempo indeterminado. O estudo também aponta níveis de contaminação altos na área de Barra Nova, onde é forte o sistema pesqueiro.

Toda a cadeia alimentar está comprometida

Metais tóxicos se acumulam nos seres vivos
Outro ponto importante do estudo desenvolvido pelo ICMBio diz respeito à cadeia alimentar. A conclusão é de que houve “acumulação significativa de metais tóxicos na base da cadeia trófica (nos chamados zooplânctons).”

De acordo com o consultor ambiental Marco Bravo, a base da cadeia alimentar (trófica) são os fitoplânctons (as algas).
Depois vem os zooplânctons, que se alimentam das algas e servem de alimentos para peixes, que são alimentos de outros maiores. E assim sucessivamente até chegar ao homem.

Quando há contaminação na base da cadeia alimentar, explica Bravo, todos acabam sendo contaminados. “E o problema é maior a medida que a cadeia cresce. É onde se come mais seres contaminados”, detalha.

O estudo utilizou como parâmetro o zooplâncton porque ele foi encontrado em todos os pontos de coleta e com um volume significativo de acumulação de metais. Também foi identificado um nível alto de contaminação nos corais da região.

A professora Sigrid Costa Valbon Freire, que leciona Ecologia e Análise na Faculdade Pio XII, explica que ocorre na região a chamada bioacumulação. “Algumas substâncias tóxicas que não são metabolizadas acabam se acumulando no organismos dos seres”.

O problema, explica ela, é que os metais tóxicos atingem vias metabólicas de nosso corpo e reagem alterando reações químicas, nos causando problemas. “Os metais tóxicos induzem a produção de radicais livres, que prejudicam as nossas células e complicam a nossa saúde”, diz, lembrando que em excesso eles podem causar várias doenças, inclusive câncer.

Uma outra expedição foi realizada na região com navio Vital de Oliveira, da Marinha do Brasil. A pesquisa foi concluída e entregue em janeiro, mas o governo do Espírito Santo não divulgou o resultado.

Samarco diz que água é monitorada

A Samarco informa em nota que ainda não teve acesso ao laudo do ICMBio e reitera que desenvolve ações de monitoramento da qualidade da água ao longo do Rio Doce. O monitoramento diário é feito em 118 pontos. Já foram feitas cerca de 500 mil análises.

Segundo a empresa, a água também é monitorada na foz e no oceano. Os laudos são enviados às autoridades ambientais competentes. De maneira geral, há melhoria nos níveis de turbidez da água.

Análises recentes mostram que a presença de metais pesados está dentro dos padrões da legislação. Cabe ressaltar que o rejeito é composto, basicamente, de sílica e óxido de ferro, material inerte e não perigoso. Estudos preliminares feitos com o pescado mostram que sua qualidade não se alterou.

Veja a nota da Samarco na íntegra:
A Samarco informa que ainda não teve acesso ao laudo do ICMBio e reitera que desde a passagem da pluma de turbidez pelo Rio Doce, vem desenvolvendo ações de monitoramento da qualidade da água nas diversas cidades ao longo do Rio Doce, em Minas Gerais e no Espírito Santo.
A empresa realiza o monitoramento diário da qualidade da água em 118 pontos ao longo de todo o rio. Em pouco mais de quatro meses, cerca de 500 mil análises já foram realizadas. Outro monitoramento de destaque é o realizado na pluma de turbidez na foz do Rio e no oceano. Os laudos gerados são enviados às autoridades ambientais competentes.
De maneira geral, há uma melhoria nos níveis de turbidez da água, principal impacto da passagem da pluma de rejeitos. As análises recentes mostram que a presença de metais pesados, uma das principais preocupações, está dentro dos padrões da legislação brasileira. Cabe ressaltar, nesse ponto, que o rejeito é composto, basicamente, de sílica e óxido de ferro. O material é classificado como inerte e não perigoso pela norma brasileira.
Estudos preliminares realizados com o pescado da região mostram que sua qualidade não se alterou com a chegada da pluma e que não há diferenças significativas de qualidade entre o pescado da área afetada pela pluma e de outras áreas não afetadas.

Fontes:
- Notícias Naturais: Peixes no Rio Doce apresentam contaminação até 140 vezes acima do limite
- A Gazeta: Peixes no Rio Doce apresentam contaminação até 140 vezes acima do limite

Sua Fonte Natural de Informação
[Imagem: bannerForum.jpg]

Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Proteína Vegetal você encontra na Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Fenômeno bizarro está mudando o sexo dos peixes, o que está acontecendo nas águas yoda 11 6,238 23-03-2013 11:36 AM
Última Resposta: DrSpock
  Terremotos acima de 6.0 Hunter88 1 2,120 19-10-2011 06:53 PM
Última Resposta: @LucasJohann
  O dia em que a Terra chegou no seu limite! Hunter88 6 4,672 11-10-2011 08:50 AM
Última Resposta: Guararapes
  Césio ao norte da California acima do nível máximo yoda 5 3,923 11-10-2011 01:21 AM
Última Resposta: yoda
  [Fukushima] Contaminação se alastra pelo esgoto. Nebuladex 6 4,203 04-09-2011 12:03 AM
Última Resposta: marcos pires cintra

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Entre em Contato | Fórum Notícias Naturais | Voltar ao Topo | Voltar ao Conteúdo | Modo Leve (Arquivo) | Feeds RSS | Site Notícias Naturais | Loja Tudo Saudável
Publicidade:
Loja Tudo Saudável


Recomende o Fórum


Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas Site Notícias Naturais

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 25 usuários online.
» 0 Membros | 25 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 16,659
» Último Membro: tongue0digger
» Tópicos do Fórum: 2,989
» Respostas do Fórum: 16,500

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
7 Benefícios do Óleo de Copaíba
Última Resposta Por: admin
08-11-2017 12:39 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 1466
Benefícios do leite de soja
Última Resposta Por: Bruna T
02-11-2017 04:08 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 860
Arroz: História da Culinária Japonesa
Última Resposta Por: Bruna T
02-11-2017 03:57 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 136
Tofu o alimento ideal
Última Resposta Por: Bruna T
02-11-2017 03:49 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 55
[Estudo] Óleo de Coco é Melhor que Qualquer Outro Creme Dental
Última Resposta Por: admin
31-10-2017 02:09 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 416
O que é alho negro? Para que ele serve?
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 07:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 204
Pronto em 10 minutos! Você já experimentou o Pão de Frigideira?
Última Resposta Por: admin
30-10-2017 07:24 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 75
8 benefícios de um dente de alho por dia
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 07:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 82
[Estudo] Curcumina Demonstrou Reduzir o Aumento de Peso Pós-Menopausa
Última Resposta Por: admin
30-10-2017 07:00 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 41
Como curar a acidez com manjericão
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 03:52 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 46
Como desinflamar a próstata
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 03:47 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 51
Remédios caseiros para a próstata aumentada
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 03:41 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 49
Remédio milagroso para curar artrite e dor nas articulações
Última Resposta Por: chatimportante
26-10-2017 03:06 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 671
Como saber se você tem síndrome da visão do computador (e como se curar)
Última Resposta Por: Bruna T
25-10-2017 01:17 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 330
O perigo de passar horas de frente para as telas do computador, smartphone e tablet
Última Resposta Por: Bruna T
25-10-2017 01:09 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 161
9 Remédios Naturais para Diarreia
Última Resposta Por: admin
24-10-2017 03:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 84
18 Benefícios da Jabuticaba: Para Que Serve e Propriedades
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 08:13 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 183
37 receitas com soja para um dia a dia muito mais nutritivo
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 07:53 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 47
3 dicas para preparar a carne de soja mais gostosa que você já comeu
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 07:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 42
Carne de soja 7 Benefícios da Carne de Soja para Boa Forma e Saúde
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 07:37 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 97
Açúcar, a droga do século
Última Resposta Por: Bruna T
21-10-2017 02:13 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 251
12 Sinais de que Você está Comendo Muito Açúcar
Última Resposta Por: Bruna T
21-10-2017 02:05 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 128
Os 10 Melhores Remédios Naturais Para Dores nas Articulações
Última Resposta Por: Bruna T
20-10-2017 02:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 126
Remédio caseiro para inflamação das articulações
Última Resposta Por: Bruna T
20-10-2017 01:56 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 122
Remédios eficazes para as dores nas articulações
Última Resposta Por: Bruna T
20-10-2017 01:52 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 105
Ter filhos, ou nao?
Última Resposta Por: Julio
19-10-2017 02:23 PM
» Respostas: 85
» Visualizações: 27163
Os 21 Benefícios da Cebola Para Saúde
Última Resposta Por: LauraCorreia
16-10-2017 01:46 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 505
Chá de cebola: Propriedades e como fazer esta infusão
Última Resposta Por: Bruna T
14-10-2017 10:44 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 411
Ajuda Financeira - Motivo Doença
Última Resposta Por: Supermoderador
13-10-2017 08:47 AM
» Respostas: 51
» Visualizações: 3599
Acupuntura funciona mesmo ?
Última Resposta Por: lopesmivi
13-10-2017 08:44 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 2812

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!