Compre Spirulina e Chlorella da OceanDrop na Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[Em casa] Extração do óleo de coco
06-12-2012, 10:18 AM (Resposta editada pela última vez em: 27-04-2016 12:15 PM por admin.)
Resposta: #1
[Em casa] Extração do óleo de coco
[Imagem: coconut-oil.jpg]


Óleo virgem de coco: Como fazer em casa

1: Obter o leite de coco e coar

Escolhem-se alguns cocos maduros, pesados, com bastante água dentro, que vão ser abertos nos olhinhos com um prego ou sacarrolha, para retirar a água, depois embrulhados numa toalha e partidos a marteladas, ou com um golpe de facão. A água deve ser colhida numa vasilha e coada. Quanto mais água houver dentro do coco, mais úmida estará a polpa, e isso é bom. Percebe-se a quantidade claramente ao chacoalhar o coco - pouca água chacoalha mais.

A tradição é ralar o coco num ralo próprio, que se usa muito no nordeste, e misturá-lo com a própria água que vem dentro, amassando bem e espremendo com as mãos até tudo virar um creme. Algumas receitas recomendam aquecer a água e amassar a mistura até ela esfriar. Isso dá uns 10 minutos.

Mas também se pode bater o coco em pedacinhos com a água no liquidificador, aos poucos, até obter esse creme. E também se pode usar água filtrada ou fervida.

Coar na peneira, no coador de nylon, na gaze, no filó, no pano de fralda. Muita força para espremer tudo até o creme acabar.

O bagaço se reserva para fazer cocada macaroon (aquela com farinha - como se chama em português?), pão de coco ou adubo de planta. É uma fibra natural ótima para os intestinos. Pode ser congelada.

2: Métodos de extração do óleo virgem de coco

A frio

O leite de coco precisa fermentar para que o óleo se separe da água. Isso pode acontecer em climas quentes deixando-o simplesmente descansar numa vasilha coberta durante 48 horas. O óleo vai se separar naturalmente da água e dos resíduos. Três camadas de líquido vão se formar: o óleo de coco por cima, a água no meio e um creme fino no fundo.

Retirar o óleo com uma colher ou concha. Filtrá-lo três vezes em pano de fralda dobrado ou filtro de papel para café. Colocar num vidro e tampar bem.

Quando olhado contra a luz, o óleo vai ter uma coloração amarelada. Essa é a cor natural do óleo virgem de coco.

A água que sobra da mistura original pode ser fermentada para virar vinagre. A mistura cremosa pode ser fervida numa panela para expelir mais óleo. Esse óleo extraído com calor pode ser usado para fritar ou para o cabelo.

O óleo virgem de coco pode ser guardando em temperatura ambiente. Validade 2 anos, no mínimo.

Outro método a frio (mais prático)

2 cocos, 3 xícaras de água do próprio coco, picar, bater por 2 ou 3 minutos no liquidificador até a consistência ficar lisa e cremosa. Espremer, colocar o leite de coco numa jarra, cobrir e deixar 48 horas num lugar escuro.

Transferir o líquido para uma garrafa pet de água mineral limpa e deixar em local sombreado cuja temperatura esteja em torno dos 25 graus C. Em 6 a 8 horas o óleo vai se separar do leite.

Ponha a garrafa na geladeira por 3 horas. O óleo vai se solidificar. Deite e corte a garrafa o mais junto possível da linha do óleo. Isso facilita sua retirada. Guarde em vidro de boca larga com tampa. Ele vai ficar líquido se a temperatura ambiente estiver acima de 27 graus.

Extração no fogo à moda de Bali

Coco ralado à mão no ralador de coco; misturar com água quente e amassar com as mãos até esfriar. Espremer com força para soltar po máximo possível de leite. Esta é a primeira prensagem. Mais água quente é adicionada ao coco já espremido e o processo se repete. Três cocos produzem mais ou menos um litro e meio de leite de coco.

O leite de coco é posto num fogo de bom tamanho para ferver alegremente. Duas rodelas de cúrcuma são adicionadas (e removidas uma hora depois). A cúrcuma colore o óleo e quem ensina diz que o mantém "fresco". Provavelmente dá algum sabor também - o que não faz muita diferença, porque em todo prato de Bali que usa óleo de coco a cúrcuma também entra.

Lá pelas tantas a mistura faz espuma, deixe estar. Uma hora depois o óleo começa a aparecer nas beiradas. O mestre borrifa água fria na superfíce fervente e diz que é para drenar melhor o óleo.

A panela sai do fogo depois de mais ou menos uma hora e meia. O líquido está reduzido à metade, a espuma se dissipou e a superfície está coberta por uma camada fina de óleo dourado.

O leite-óleo é passado por um coador de tela ou peneira fina para capturar a espuma e quaisquer pedacinhos de polpa de coco. Volta à panela e descansa para que a matéria sólida do leite de coco assente no fundo.

Cinco minutos depois já se pode retirar o óleo da superfície com uma concha ou cumbuca. Esse óleo vai para uma caçarola de ferro pequena, posta ao fogo por quinze minutos; sai dele borbulhando e espirrando, mas em poucos minutos arrefece e se revela um óleo quase límpido.

Todas as sobras do processo ainda são coadas e espremidas mais uma vez para aproveitar cada gota.

Outro método de extração no fogo

5 cocos médios ou grandes para fazer 1 xícara de óleo. Depois de obter o leite de coco, batendo ou ralando e espremendo, coar e deixar descansar por 24 a 48 horas. O creme e a água vão se separar, a água fica no fundo. Retire o creme com uma escumadeira e ponha numa panela grossa e funda (porque ele espirra quando ferve). Deixe ferver devagarinho em fogo médio ou baixo. Lentamente o óleo aparece por cima. Afaste os resíduos de coco para o lado. O óleo fica mais claro. Vá tirando com uma colher e fervendo até não ter mais nada a retirar.

Observe que as panelas são sempre grossas, de ferro fundido, esmalte ou pedra-sabão, para um cozimento lento. Panelas finas fariam o óleo ferver demais.

Pão de coco usando o bagaço que sobrou

2 xícaras de farinha de trigo bem cheias
1 colherinha (café) de sal
4 colheres (chá) de fermento em pó
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal derretida, óleo de coco ou azeite de oliva
1 xícara de coco ralado, não muito apertado
2 colheres (sopa) de açúcar branco, cristal ou mascavo
1 xícara de leite de coco diluído meio a meio com água, ou de leite animal

Peneire a farinha, o sal e o fermento numa vasilha
Separadamente misture o coco e o açúcar e junte à farinha
Adicione o leite e a gordura (óleo de coco, azeite ou manteiga)
Amasse por 5 minutos ou até obter um bolo de massa bem aglutinada, oleosa na superfície
Cubra e deixe crescer por 10 minutos
Achate a massa para ela virar uma panqueca gorda, com +- 2,5 cm de altura
Ponha numa assadeira untada e faça furinhos por cima com um garfo para decorar
Asse em forno médio (120 graus C) por 20 minutos ou até dourar. Deixe esfriar para comer.

Fontes com boas imagens

http://www.chezlin.com/2008/07/coconuts-...rent-ways/

http://www.simplytrinicooking.com/2008/0...style.html

http://www.ehow.com/how_4884719_homemade...t-oil.html

http://www.your-how-to.info/2008/01/how-...t-oil.html

http://www.simplytrinicooking.com/2008/0...-bake.html


Fonte

Leia mais: http://forum.noticiasnaturais.com#ixzz472HmbBSE

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
"Não importa o quão devagar você vá, desde que você não pare." - Confúcio
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 10 usuários diz(em) obrigado a SE7MUS pelo seu post:
admin (21-04-2013), Maria Flor (06-12-2012), Mediador (08-04-2015), mxrox (21-04-2013), Randradeknives (21-04-2013), Redfoca (21-04-2013), Rox Extreme (10-04-2015), TheBodyBuilder (01-02-2013), Thom_B (22-04-2013), vin (21-04-2013)
Goji Berry Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
21-04-2013, 12:32 AM (Resposta editada pela última vez em: 21-04-2013 01:02 AM por Randradeknives.)
Resposta: #2
RE: [Em casa] Extração do óleo de coco
PORQUE USAR O ÓLEO DE COCO

Excelentes vídeos sobre o assunto:

http://youtu.be/QnGnPre0fRI
http://youtu.be/IfKgP7gV59I

10 MOTIVOS PARA CONSUMIR ÓLEO DE COCO:

Introdução



A humanidade evoluiu durante milhares de anos consumindo alimentos naturais encontrados na natureza. À medida que conseguiu dominar a agricultura e conservar certos alimentos os utilizou de forma inteligente e, por múltiplas tentativas, selecionou o que era nutritivo e saudável, evitando alimentos que pudessem trazer algum mal à sua saúde.

Assim alimentos NATURAIS, como leite integral, manteiga, ovos, carnes de caça e pesca, animais criados em sítios e fazendas e, todas as gorduras encontradas na natureza, serviram para nutrir e preservar saudável a raça humana até os anos de 1900.

E por que até 1900? Pois a partir do começo do século XX, sobretudo o dito mundo ocidental, começou a substituir as gorduras naturais, por gorduras vegetais refinadas e as nefastas margarinas. Aliado a isto, o consumo de açúcar, principalmente o refinado se generalizou, foram criadas as primeiras máquinas de processar cigarros, os primeiros automóveis e, a vida se tornou mais fácil!

Alguns anos mais tarde, vários produtos químicos foram utilizados na produção de alimentos (agrotóxicos), conservantes químicos foram adicionados aos alimentos processados. Finalmente a exploração e consumo desenfreado de petróleo e seus derivados, transformou nosso planeta: “Num Admirável Mundo Tóxico”!

Éramos felizes e não sabíamos!

No que se refere especificamente ao coco, documentos registram que há aproximadamente 4000 anos, a humanidade já utilizava dos seus frutos, não somente como alimento, mas, sobretudo com finalidades cosméticas e farmacológicas. Do coco, tudo era aproveitado, desde a polpa, água, o leite de coco e, até mesmo seu óleo. Já, suas folhas, cascas e o próprio tronco eram utilizados em construções, artesanato e combustível. Daí sua palma ser conhecida como:

“A Árvore da Vida”

Por isso esqueça tudo o que você já ouviu ou leu de ruim sobre gorduras saturadas, dentre elas: “Gordura de COCO!

Há mais de 60 anos, as gorduras mais consumidas eram provenientes dos animais, destacando-se dentre elas, a gordura de porco.

Já as provenientes do reino vegetal, a campioníssima era a gordura de coco.

Na década de 1940, o Departamento de Agricultura dos E.U, instruiu os suinocultores a engordar seus animais com gordura de COCO! Paradoxalmente, o que ocorreu seis meses após? Os porcos estavam mais magros!

Então o mesmo Departamento sugeriu que os porcos fossem alimentados adicionando-se óleo de soja, este mesmo encontrado atualmente nos prateleiras do seu mercado.

Por incrível que pareça, nova surpresa: os porcos engordaram tanto que morreram de Infarto do Miocárdio.

Estes e outros fatos ligados à história do consumo de gorduras foram estranhamente ”omitidos” pela mídia em geral e, possivelmente por pressão dos produtores de óleos vegetais.

Ao mesmo tempo por volta de 1950, uma verdadeira “pá de cal” foi colocada na sepultura destas gorduras, quando se identificou a presença de colesterol nas placas que obstruem as artérias, processo este chamado de ATEROSCLEROSE.

Daí em diante, não somente alimentos que continham colesterol como o OVO, gordura de porco e por que não dizer, todas as gorduras de origem animal e as “saturadas” foram condenadas. E, dentre as gorduras vegetais que foram banidas podemos incluir: óleo de palma, babaçu, dendê e gordura de coco, todas consideradas saturadas.

Para se ter a noção do impacto comercial que isso provocou em todo o mundo, simplesmente estas gorduras quase que desapareceram do mercado e, explodiu o consumo de óleos vegetais refinados.

A verdade assim como o óleo sempre vem à tona!

Há menos de 10 anos, constatou-se que 75% das gorduras que obstruem as artérias, são provenientes de gordura vegetal poliinsaturada e, não das gorduras animais e as saturadas! Se você não sabia os óleos poliinsaturados (arroz,canola, girassol, milho,soja) são estes encontrados na prateleira de seu supermercado, um dos grandes responsáveis, não somente pelas doenças cardiovasculares, mas também, por inúmeras outras doenças!

Algumas dúvidas em relação as gorduras.

Questão – Qual a diferença entre ÓLEO e GORDURA?

R – Denomina-se ÓLEO: os ácidos graxos que se encontram sob a forma liquida na temperatura ambiente. Já GORDURA, é quando os ácidos graxos na temperatura ambiente até 25 graus centígrados se apresentam sob a forma sólida, acima disto se liquefazem. E isto ocorre exatamente com a GORDURA de coco que se mantém sólida até os 25 graus centígrados, acima desta temperatura, se liquefaz.

Questão - Mas, a gordura de coco e o azeite de oliva não são gorduras de origem vegetal? Por que o azeite é permitido e a gordura de coco não?

R – Até hoje a maioria dos médicos e nutricionistas ainda desconhecem as últimas pesquisas em relação às gorduras de modo geral, por isso indicam o consumo do azeite e, condenam a GORDURA de COCO, já que esta última é saturada e a primeira monoinsaturada.

Questão - O que são gorduras saturadas, monoinsaturadas e poliinsaturadas?

R – As gorduras são compostas por cadeia de átomos de carbono. Estes átomos se unem entre si através de “ligações” que podem ser simples ou duplas e, isto vai determinar sua classificação. Em outras palavras, as gorduras saturadas, como o nome indica, já estão “saturadas”, não “aceitando” nenhum outro elemento para reagir. Isto as torna estáveis e, “não disponíveis” a outras reações químicas.

- C – C – C – C – C – C Ácido graxo SATURADO

(gorduras animais, óleo de coco, palma e dendê)

- C – C – C = C – C – C Ácido graxo MONOINSATURADO

(Azeite de oliva e gordura do abacate)

-C – C = C – C = C = C Ácido graxo POLIINSATURADO

(óleos de soja, canola, girassol, milho e arroz)

Lembrando que a maioria dos médicos, equivocadamente, proíbe as gorduras SATURADAS. E, o que nós vamos mostrar é que é preferível uma GORDURA SATURADA a uma GORDURA OXIDADA!

Questão – O que é uma GORDURA OXIDADA?

R – São aquelas que contendo “duplas” ligações podem se ligar ao OXIGÊNIO, ou mesmo a qualquer outros elementos, como metais tóxicos, alterando suas propriedades físicas e químicas com grande impacto para a saúde em geral. Num linguajar simples, dizemos que a gordura ficou “rançosa” e, seria imprópria para o consumo humano.

Nosso organismo prefere as GORDURAS SATURADAS, pois além de serem mais estáveis, praticamente não se “OXIDAM”, por isso é muito mais saudável a gordura de porco, óleo de coco e mesmo o azeite de oliva. Este último por ser MONOINSATURADO, ainda consegue resistir a temperaturas de até 150 graus, como por exemplo, nas frituras leves e refogados. Os demais óleos de OXIDAM facilmente, o ideal é evitá-los! Se não for possível, consuma o mínimo necessário e, depois de abertos, conserve-os na geladeira. Contrário aos demais óleos que não devem ser reaproveitados, a gordura de coco e mesmo a banha de porco pode ser reaproveitada, só que a de coco: NÃO ENGORDA!

A seguir, 10 motivos para você consumir gordura de coco extra virgem, sugeridos pelo Cardiologista e Nutrólogo, Dr. Sérgio Puppin , que em breve lançará o livro:

“COCO – A Gordura Que Salva Vidas”.

1 - Ação ANTIOXIDANTE – Colabora na diminuição da produção de “Radicais Livres”! Isto se deve principalmente a ação direta da vitamina-E presente na “Gordura de Coco Extra Virgem” composta por 8 frações desta vitamina; 4 tocotrienóis (alfa, gama, delta e teta) e 4 tocoferóis (alfa, gama, delta e teta).

Contrário a outras gorduras, principalmente em relação aos óleos poliinsaturados, a gordura de coco diminuiu as necessidades de vitamina E do organismo.

2 – COLESTEROL - Ajuda na redução do mau COLETEROL – LDL e evita que o mesmo se oxide. Por outro lado, promove a elevação do bom COLESTEROL - HDL contribuindo assim na prevenção e tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares.

3 – Colabora no processo do EMAGRECIMENTO – De fácil absorção, a gordura de coco é a melhor fonte de TRIGLICERIDEOS DE CADEIA MÉDIA, não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo. No fígado, estes triglicerídeos rapidamente se transformam em energia, desta maneira não se depositam no organismo. Por isso ela é considerada “termogênica”, ou seja, capaz de gerar calor e queimar calorias. Esta propriedade, aliada a capacidade que a gordura de coco tem de estimular a glândula tireóide, aumenta o metabolismo basal e, conseqüentemente: EMAGRECE!

4 – Melhora o sistema IMUNOLÓGICO - agindo na prevenção e no combate aos VERMES – BACTÉRIAS e FUNGOS, restabelece a energia “roubada” por estes agentes. Conseqüentemente melhora a absorção dos nutrientes aumentando todas as defesas do organismo. A gordura de coco apresenta a maior concentração de Ácido Láurico, dentre todas as gorduras vegetais.

Em outras palavras, é o mesmo ácido graxo presente no leite materno!

No organismo o Ácido Láurico é convertido em monolaurin que tem ações para combater inúmeras infecções. Mais recentemente em 1992, Isaacs e colaboradores confirmaram todos estes estudos.

Ainda em relação ao ácido láurico, veja a declaração da Dra. Mary Enig, uma das maiores autoridades mundiais em relação a estudos sobre gorduras, principalmente no que se refere à GORDURA DE COCO EXTRA VIRGEM, leia-se ÀCIDO LAURICO. Este artigo foi por ela publicado em setembro de 1995 no “Indian Coconut Journal”:

“O MONOLAURIN, cujo precursor é o àcido LÁURICO (C-12), destrói a membrana lipídica que envolve os vírus e, também ele inativa bactérias, levedura e fungos.” E acrescentou: “Dentre os ácidos graxos saturados, o ácido láurico tem mais atividade anti-viral do que os ácidos caprílico (C-10) e mirístico (C-14). A ação atribuída ao MONOLAURIN é que ele solubiliza (dissolve) as gorduras...do envolve que envolve os vírus, destruindo assim sua capa protetora”. (Estes números e o C - significam a quantidade de átomos de carbono dos ácidos graxos).

Dentre centenas de outros trabalhos científicos, hoje a GORDURA DE COCO EXTRA VIRGEM é capaz de ajudar a combater uma infinidade de bactérias, leveduras, fungos e vírus, tais como: sarampo, herpes, estomatite vesicular e Cytomegalovirus (CMV), Epistein Bar vírus, vírus da hepatite C (HCV), AIDES (HIV), H. pylori, giárdia, cândida, cryptosporidium e outros parasitas intestinais.

5 – Regula a FUNÇÃO INTESTINAL – Tanto nos casos de prisão de ventre ou mesmo nas diarréias, os componentes da gordura de coco agem normalizando as funções intestinais. Ao mesmo tempo o ácido láurico, através do monolaurin, ajuda a eliminar as bactérias patogênicas (inimigas), protegendo e favorecendo o crescimento da “flora amiga”.

6 – Tireóide - Melhora o funcionamento da TIREÓIDE, tendo ainda ação “Anti-Envelhecimento” – Estudos realizados há mais de 30 anos comprovaram que a gordura de coco estimula a função da glândula TIREÓIDE. O bom funcionamento da TIREÓIDE faz com que especificamente o mal COLESEROL – LDL, através de processo enzimático, produza os hormônios antienvelhecimento: PREGNENOLONA, PROGESTERONA e DHEA (dehidroepiandrosterona). Todas estas substâncias são necessárias na prevenção de Doenças Cardiovasculares, Senilidade, Obesidade, Câncer dentre outras doenças crônicas relacionadas à idade.

7 - Ação COSMÉTICA – A maioria das loções e cremes comerciais é constituída predominantemente de água. Estas preparações úmidas são rapidamente absorvidas pela pele seca e enrugada. Assim que a água entra na pele, o tecido é expandido como um balão com água, então as rugas desaparecem e a pele se torna mais macia. Porém, tudo isto é temporário. Em poucas horas a água é absorvida e levada para a corrente sangüínea e, tanto a secura como as rugas reaparecem. Além de não resolver o problema de hidratação e das rugas, estes cremes ou óleos refinados estão quase sempre oxidados, trazendo consigo uma montanha de radicais livres, que agravam cada vez mais o tecido elástico da pele tornando-a mais envelhecida.

A gordura de coco pode ser aplicada diretamente sobre a pele e mesmo nos cabelos, funcionando com um “condiocinador” natural, para isso é só massagear os cabelos com 1 colher das de sobremesa antes do banho. Além de hidratar a pele e não conter radicais livres previne rugas numa verdadeira ação antienvelhecimento. Isto se deve a “lubrificação” da pele, permitindo que os nutrientes do sangue cheguem até ela.

8 – Ação dermatológica – Além do poder bactericida na pele, pode ser utilizada como cicatrizante de feridas, picadas de insetos, alívio em queimaduras e, sobretudo nos eczemas e dermatites de contato, bem como no tratamento do herpes e candidíase.

9 – Diabéticos – Controla a compulsão por CARBOIDRATOS – Assim como os alimentos ricos em fibras ajudam a manter níveis estáveis de insulina no sangue, conseqüentemente facilitando a vida dos DIABÉTICOS, a gordura de coco proporciona uma sensação de saciedade ainda maior e, acima de tudo não estimula a liberação de insulina, contribuindo desta forma para diminuir o “craving” compulsão por carboidratos, principalmente a doces. Contrário aos demais óleos poliinsaturados que dificultam a entrada da insulina e nutrientes para dentro das células, deixando-as literalmente “famintas”, a gordura de coco “abre as suas membranas”, não somente permitindo que os níveis de glicose e insulina se normalizem, como também melhorando sua nutrição, restabelecendo os níveis normais de energia.

10 –– Fadiga crônica e Fibromialgia -Até recentemente estas duas entidades não eram reconhecidas pela medicina tradicional. Somente agora após uma grande divulgação na mídia da melhora clínica de milhares de pacientes, é que o tradicional “stablischment”, deu mão a palmatória, chegando mesmo a ser reconhecida pelo FDA, quando liberou um medicamento para combater este mal.

Estas duas entidades muitas vezes se confundem e, há autores que afirmam que ambas têm a mesma etiologia. Porém a esmagadora maioria da classe médica ainda insiste em afirmar que estas duas afecções são na realidade um quadro depressivo mascarado, devendo por isso mesmo ser tratada com antidepressivos.

Enquanto na Fibromialgia predomina o sintoma DOR, na Síndrome da Fadiga Crônica, o CANSAÇO é a tônica. Em outras palavras:

FADIGA CRÔNICA = (Sinônimo de) CANSAÇO

FIBROMIALGIA = (Sinônimo de) DOR

A Fibromilagia pode ser considerada um processo reumático, que freqüentemente acomete o pescoço, região lombar, ombros, nuca, parte superior das coxas, joelhos, nádegas, cotovelos e parte superior do tórax. É importante lembrar que os fenômenos dolorosos podem acometer qualquer parte do corpo.

Tanto a dor quanto o enrijecimento matinal é mais acentuado pela manhã, que muitas vezes é acompanhado de: insônia, dor de cabeça, depressão, mente embotada, desorientação, alterações digestivas, tonteiras, ataque de pânico e vermelhidão facial.

O sistema imunológico de uma pessoa afetada, freqüentemente é hipersensível a muitos fatores, tornando o indivíduo hiperalérgico a muitos alimentos. Estes sintomas podem ser agravados por outras alergias, falta de sono, estresse e infecções agudas.

Dentre as causas associadas a estas duas patologias destacamos: Herpes Zoster, Epstein – Barr Virus (o vírus do beijo), Mononucleose infecciosa, Resfriados e Estados Gripais, Deficiência nutricional, Intoxicações por metais pesados (mercúrio, chumbo, arsênico, cádmio, flúor, cloro, dentre outros), finalmente a deficiência de sais minerais e, o eterno desafio do homem, o estresse!

Hoje, a gordura de coco EXTRA – VIRGEM, talvez seja uma das melhores soluções para combater a Síndrome da Fadiga Crônica e Fibromialgia.

Os ácidos gordurosos de cadeia média, sobretudo o Láurico, podem eliminar vírus como os do Herpes e Epstein-Barr, que se acredita sejam os grandes responsáveis por estas entidades. Combate e ajuda eliminar cândida, giárdia e ameba. Ainda eliminam uma grande quantidade de vírus, bactérias e até mesmo certos vermes que podem estar relacionados à estas duas patologias.

A grande maioria dos médicos acredita que não é um único tipo de vírus ou bactéria os responsáveis pela Síndrome da Fadiga Crônica e, mesmo da Fibromialgia, mas sim, a combinação de vários agentes e fatores. Nestas condições a gordura de coco age neutralizando uma gama enorme destes agentes infecciosos. Melhora o sistema imunológico, elimina o estado de ESTRESSE sofrido por ele. Em fim, por aumentar nosso metabolismo e por recuperamos nossa energia plena, nos sentimos “mais jovens”, com capacidade para realizar nossos sonhos !

Lembre-se que não há contra-indicações para seu uso, na dúvida, consulte seu médico.

Por todas estas indicações, dentre inúmeras outras, é sempre prudente ter à mão uma “Boa Gordura de Coco – Extra Virgem”!

Sérgio Puppin, MD.

Cardiologista e Nutrólogo CRMRJ 52-133209

Novembro- 2007

Fonte: http://coprasul.webstorelw.com.br/info/p...sar-o-oleo

Cool Conhecimento é poder!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a Randradeknives pelo seu post:
admin (21-04-2013), alinell (22-04-2013), Mediador (08-04-2015), mxrox (16-05-2013), Omega (21-04-2013), Redfoca (21-04-2013), Rox Extreme (10-04-2015), vin (21-04-2013)
21-04-2013, 07:01 PM (Resposta editada pela última vez em: 21-04-2013 07:02 PM por Paulo2011.)
Resposta: #3
RE: [Em casa] Extração do óleo de coco
interessei muito pelo assunto.

não enxerguei foi a maneira de usá-lo!

na primeira matéria foi indicado a receita de pão com o oleo de coco.

e como deveremos usá-lo no dia a dia, e em que quantidade?

vou pesquisar mais sobre o assunto, mas como sei que aqui tem pessoas qualificadas para todos os assuntos, me arrisquei a questionar...

gratissimo por mais esta matéria do forum, que aprecio tanto.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Paulo2011 pelo seu post:
admin (08-04-2015), Rox Extreme (10-04-2015)
08-04-2015, 04:05 AM (Resposta editada pela última vez em: 08-04-2015 04:09 AM por admin.)
Resposta: #4
RE: [Em casa] Extração do óleo de coco
(21-04-2013 07:01 PM)Paulo2011 Escreveu:  e como deveremos usá-lo no dia a dia, e em que quantidade?

vou pesquisar mais sobre o assunto, mas como sei que aqui tem pessoas qualificadas para todos os assuntos, me arrisquei a questionar...

gratissimo por mais esta matéria do forum, que aprecio tanto.

Olá Paulo, eu uso no lugar de outros óleos para fritar, fica um aroma delicioso e um gostinho bem sutil. Eu gosto, mas tem algumas pessoas que acham que deixa muito gosto.

Tem este outro óleo, que é virgem (não extra virgem), especialmente para culinária, que é bem mais barato e deixa menos gosto nos alimentos. O fabricante diz que os efeitos benéficos são os mesmos.

[Imagem: oleo-de-coco-copra-212x212.jpg]

http://www.tudosaudavel.com/produto/oleo...afiliado=3

Sua Fonte Natural de Informação
[Imagem: bannerForum.jpg]

Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a admin pelo seu post:
Paulo2011 (26-04-2015), Rox Extreme (10-04-2015)
Maca Peruana pelo menor preço você encontra na Tudo Saudável
10-04-2015, 12:38 AM
Resposta: #5
RE: [Em casa] Extração do óleo de coco
Fantástico tópico @admin!!

Muito obrigado a todos pelas infos!

Reciclar é preciso.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Rox Extreme pelo seu post:
Mediador (10-04-2015)
17-05-2015, 06:06 PM
Resposta: #6
RE: [Em casa] Extração do óleo de coco
O tópico ficou fantástico- maravilha!!!

Valeu @admin

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
"Não importa o quão devagar você vá, desde que você não pare." - Confúcio
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a SE7MUS pelo seu post:
Mediador (18-05-2015)
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Óleo Virgem de Coco: Como Fazer em Casa admin 1 14,233 13-04-2017 04:10 PM
Última Resposta: Ana 75

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Entre em Contato | Fórum Notícias Naturais | Voltar ao Topo | Voltar ao Conteúdo | Modo Leve (Arquivo) | Feeds RSS | Site Notícias Naturais | Loja Tudo Saudável
Publicidade:
Loja Tudo Saudável


Recomende o Fórum


Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas Site Notícias Naturais

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 29 usuários online.
» 1 Membros | 28 Visitantes
questaodebeleza

Estatísticas do Fórum
» Membros: 15,757
» Último Membro: questaodebeleza
» Tópicos do Fórum: 2,938
» Respostas do Fórum: 16,362

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Sagu é muito mais do que aquele doce tingido de vinho tinto
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 02:51 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 48
Sagu, a sobremesa que proporciona mais saúde e bem-estar
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 02:46 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 17
22 receitas de sagu que rendem uma sobremesa adorável
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 02:38 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 14
Pipoca de Sagu
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 02:24 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 13
Tapioca: benefícios para a saúde, como fazer e receitas
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 08:54 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 115
Beirute de atum
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 07:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 33
Hambúrguer de grão-de-bico
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 07:17 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 27
Ovo enformado
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 07:14 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 30
Bolinho de cenoura
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 07:08 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 28
Pipoca de couve-flor
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 07:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 26
Pão de queijo leve (Lucilia Diniz)
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 06:55 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 33
Pão de queijo light
Última Resposta Por: Bruna T
18-08-2017 06:44 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 26
Luz Artificial para plantar orta em dentro de casa
Última Resposta Por: indiegarden
15-08-2017 07:24 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 178
Sucos Detox: Receitas de Sucos que Emagrecem
Última Resposta Por: MaiconM
14-08-2017 01:42 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 3418
16 receitas que provam que o ovo pode salvar sua vida culinária
Última Resposta Por: Bruna T
12-08-2017 10:55 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 236
Emagrecedores vetados pela Anvisa e liberados pelo Congresso trazem riscos e dividem
Última Resposta Por: brunaep
11-08-2017 04:54 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 1270
Torta de Liquidificador Integral
Última Resposta Por: João Casenn
09-08-2017 06:43 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 1616
Danette Caseiro Diet
Última Resposta Por: maria_mavi
08-08-2017 02:18 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 127
Pão branco poderia ser tão bom para você quanto o integral
Última Resposta Por: Daia
02-08-2017 02:39 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 1508
Dicas para Criar Tópicos Mais Atraentes
Última Resposta Por: Trovó Academy
27-07-2017 05:07 PM
» Respostas: 31
» Visualizações: 30503
Bolinha de Queijo Low Carb - Sem glúten!
Última Resposta Por: maria_mavi
26-07-2017 07:10 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 254
Coxinha Fit de Batata Doce
Última Resposta Por: maria_mavi
26-07-2017 07:05 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 1062
Óleo de coco faz tão mal à saúde quanto gordura animal e manteiga, dizem cientistas
Última Resposta Por: kahunanaturais
25-07-2017 02:53 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 1857
Como nos fizeram acreditar que chocolate amargo é saudável
Última Resposta Por: henriquelhrf
21-07-2017 12:22 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 803
Estudo Inovador Revela que Extrato de Cúrcuma é Superior ao Prozac para a Depressão
Última Resposta Por: henriquelhrf
21-07-2017 12:11 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 12096
[Sobrevivencialismo] Como se “desligar da rede” com pouco dinheiro
Última Resposta Por: brunorafa12
20-07-2017 05:20 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 4254
10 hábitos de casais felizes
Última Resposta Por: claudinei12
18-07-2017 03:17 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 2003
10 benefícios de fazer uma dieta com o uso de sucos detox.
Última Resposta Por: gugagmoraes
01-07-2017 09:57 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 767
10 fantásticos truques da maisena que você não conhecia
Última Resposta Por: Daia
28-06-2017 05:02 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 1628
É possível sobreviver comendo apenas um tipo de alimento?
Última Resposta Por: Daia
27-06-2017 05:01 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 919

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!