Goji Berry Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A Lama da Samarco e o Jornalismo que não dá Nome aos Bois
24-11-2015, 05:56 PM
Resposta: #1
A Lama da Samarco e o Jornalismo que não dá Nome aos Bois
[Imagem: A%2BLama%2Bda%2BSamarco%2Be%2Bo%2BJornal...2BBois.jpg]


Blog Anti-NOM

Por trás da lama da Samarco afirma-se o gosto amargo de um jornalismo subserviente, a serviço do mercado. Dezenas de pessoas estão desaparecidas em Mariana (MG). Entre elas, crianças. O vídeo acima mostra como era o cotidiano de um povoado destruído. Mas a maior tragédia socioambiental brasileira do século XXI  já começa a ser soterrada pelos jornais, após uma cobertura protocolar. Da lama à ordem: ignoram-se os conflitos, minimizam-se as contradições e se assimilam os discursos cínicos de executivos e de membros do governo. Com a clássica blindagem dos sócios da empresa.

Primeiro enumeremos os donos. Já se sabe que 50% da Samarco pertence à Vale, a Vale que tirou o Rio Doce de seu nome e nele despejou lama tóxica. A outra metade pertence à anglo-australiana BHP Billiton, uma fusão da australiana Broken Hill Proprietary Company com a inglesa (radicada na África do Sul) Billiton, atuante nas veias abertas do Chile, Colômbia e Peru (onde tomou uma multa ambiental de US$ 77 mil após contaminação por cobre), no Canadá, Reino Unido e nos Estados Unidos, na Argélia, no Paquistão e em Trinidad & Tobago. Já protagonizou na Papua Nova Guiné uma contaminação fluvial histórica. As maiores mineradoras do mundo.

E a quem pertence à Vale? Esse capítulo costuma ser omitido, quando se fala de impactos sociais e ambientais. A empresa é controlada pela Valepar, com 53,9% do capital votante (1/3 do capital total). Com 5,3% para o governo federal, 5,3% para o BNDESpar, 14,8% para investidores brasileiros, 16,9% na Bovespa e 46,2% de investidores estrangeiros (este percentual cai para 33,9% no caso do capital total). De qualquer forma já temos que a Samarco – com a metade anglo-australiana e com esses investidores estrangeiros da Vale – tem mais da metade de suas ações nas mãos de estrangeiros.

E quem manda na Valepar, que controla a Vale? 1) Fundos de investimentos administrados pela Previ, com 49% das ações; 2) A Bradespar, do Bradesco, com 17,4%; 3) A multinacional Mitsui, um dos maiores conglomerados japoneses, de bancos à petroquímica, com tentáculos na Sony, Yamaha, Toyota, com 15%; 4) O BNDESpar, com 9,5. (Ignoremos os 0,03% da Elétron, do Opportunity e seu onipresente Daniel Dantas. E registremos que, com a Mitsui, aumenta ainda mias a participação de estrangeiros na Samarco.)

BNDES? Previ? Mas por que, então, a imprensa acostumada a fustigar o governo federal não fiscaliza com mais atenção a Vale, símbolo da privatização a preço de banana? Simplesmente porque não tem o saudável hábito – a imprensa brasileira – de fiscalizar corporações. E porque essas instituições não estão sozinhas. Porque tem a Mitsui, o Bradesco – o bilionário Bradesco. Com um governador petista dando entrevista coletiva na sede da Samarco. (O capitalismo não é para amadores.) Não há um acompanhamento sistemático do custo social e ambiental das aventuras plutocratas, sob governos de siglas diversas. Pelo contrário: o que há é um marketing despudorado.

EXECUTANDO ADVÉRBIOS

Essa rede de donos da Samarco manifesta-se por meio de um jovem executivo, Ricardo Vescovi. Os gerentes de crise da empresa tiraram o site do ar (sabe-se lá com quais informações) e divulgaram esse vídeo do presidente no Facebook. Com seu milagre de multiplicação de advérbios insossos e pronomes totalizantes, insensíveis aos dramas dos mineiros. “Lamentavelmente”, “imediatamente”, “absolutamente todos os esforços” em relação ao “ocorrido”, “todas as ações”, “todos os esforços”, “igualmente não medindo esforços”, “todo apoio”, “toda solidariedade”, “lamentamos profundamente” o “acontecido”.

Os mais desavisados poderão até ficar com dó do pobre coitado. Ainda mais após as declarações do governo mineiro de que a Samarco foi “vítima” do rompimento da barragem. E após jornalistas irresponsáveis replicarem notícias sobre “tremores de terra” que acontecem todos os dias. Muito embora a empresa já soubesse, desde 2013, que a barragem – como outras pelo país que ainda não desabaram – estava condenada. E que essa não tenha sido a primeira tragédia em Minas Gerais. São esses mesmos jornais que não se furtam a cobrir, de forma reverente, o que as empresas chamam de “sustentabilidade”, “responsabilidade social e ambiental”.

Alguém poderá argumentar que um jornal da grande imprensa, o Estadão, divulgou notícia sobre o laudo de 2013 que mostrava os problemas estruturais na barragem. Sim. Em 2015. Mas cabe lembrar que uma ou outra notícia isolada após uma tragédia está longe de caracterizar a cobertura crítica de um setor econômico. Se o tema não se mantém na manchete (passou longe disso, neste domingo, nos principais jornais do país), em artigos recorrentes, editoriais sistemáticos, não há o agendamento político efetivo – e sim o convite ao esquecimento. E à impunidade. (Quem vai fazer uma Operação Lava Lama?)

IMPRENSA DOS VENCEDORES

Essa mesma imprensa se esquece também de contar ao leitor que existe um choque entre modelos de apropriação do território e dos recursos naturais. O vídeo da TV Cultura sobre a comunidade destruída mostra – ainda que com uma abordagem que privilegia o exótico – um modo de vida bem diferente, onde as moradoras vão na casa das outras, plantam-se pimentas no quintal e se produz geleia, coletivamente, em uma associação. Uma lógica econômica muito diversa da predação extrativista – e esgotável – protagonizada pela Samarco, esse nome amorfo emprestado a dois expoentes do capitalismo mundial. Quem disse que há consenso?

Existem movimentos sociais específicos de atingidos pela mineração, ou atingidos pelas barragens. Até mesmo de atingidos pela Vale. Por que não se dá voz a essas pessoas? Se nem após os desastres isso acontece, o que se dirá do dia a dia?  Porque os cadernos e até revistas especializadas são de “negócios”, como se esses negócios pudessem pairar (numa sociedade democrática) acima dos interesses dos cidadãos. Por que os calam? Por que essa censura? Por que a destruição de uma comunidade inteira e de um ecossistema não comovem? Porque esse jornalismo é situacionista, economicamente situacionista. Torce para os vencedores.

Os mais eugenistas nem se constrangem em dizer que aquelas populações não deviam estar ali – deviam abrir alas para a distinta mineradora. Como se fosse um bem infinito para o país o esgotamento de seus recursos minerais. Não se questiona o modelo e nem suas conexões com outros temas: a falta d’água, o crescimento e a falta de infraestrutura das periferias urbanas, inchadas também pela expulsão das populações tradicionais. Faz-se tudo menos um jornalismo sistêmico, que consiga olhar para temas simultâneos, para tendências econômicas e para o clima, para a desigualdade e os riscos ambientais. Com nome aos bois (ou aos caranguejos), o nome dos beneficiários. Quem ganha com isso?

NATURALIZAÇÃO

De um modo geral o efeito obtido no caso de Mariana é o de naturalização de uma matança e de um crime ambiental histórico. Como não houve chuvas, inventa-se um terremoto. A morte horrível de moradores e a destruição de um povoado por uma empresa ganham, no máximo, uma cobertura similar à das tragédias em São Luís do Paraitinga ou Petrópolis (fruto também da especulação imobiliária), ignorando a cadeia de sócios, os interesses políticos em torno das mineradoras ou o risco estrutural que esse tipo de exploração impõe ao ambiente, aos trabalhadores e vizinhos, bola pra frente que em janeiro teremos “outras enchentes”. Como se fizesse parte do sistema ser soterrado por uma lama tóxica enquanto se planta alface.


Leia mais:


As 10 Multinacionais Mais Perigosas do Mundo

Fontes:
- Blog Anti-NOM: A Lama da Samarco e o Jornalismo que não dá Nome aos Bois
Outras Palavras: A lama da Samarco e o jornalismo que não dá nome aos bois
Facebook: RIO DOCE JÁ EM AGONIA É VÍTIMA DE UM DESASTRE DE GRANDE EXTENSÃO
Servindi: Perú: Comprueban intoxicación por cobre debido a derrame de Antamina
La Prensa: ‘Ok Tedi’ y el frágil futuro del país
Vale: Composição Acionária
Hoje em Dia: Secretário de Estado classifica a Samarco como vítima do rompimento
Movimento dos Atingidos por Barrage (MAB): Tragédia anunciada
EM: Barragens de rejeito já causaram diversas tragédias em Minas Gerais; relembre
Estadão: Estudo de 2013 alertava para risco de barragem em Mariaba romper
Articulação Internacional dos Atingidos pela Vale: English – Another trail of destruction and death in the history of mining and Vale S.A. – Note by the International Articulation of People Affected by Vale S.A.
Publica: Teia de interesses liga políticos a mineradoras em debate sobre novo Código
Organics News Brasil: O que é barragem de rejeitos?

Sua Fonte Natural de Informação
[Imagem: bannerForum.jpg]

Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a admin pelo seu post:
Bruna T (24-11-2015), Juliana Padovani (25-11-2015), Mediador (25-11-2015)
Emagreça com saúde neste verão - Tudo Saudável Produtos Naturais
Responder 


Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Entre em Contato | Fórum Notícias Naturais | Voltar ao Topo | Voltar ao Conteúdo | Modo Leve (Arquivo) | Feeds RSS | Site Notícias Naturais | Loja Tudo Saudável
Publicidade:
Loja Tudo Saudável


Recomende o Fórum


Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas Site Notícias Naturais

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 23 usuários online.
» 0 Membros | 23 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 16,883
» Último Membro: regret23crow
» Tópicos do Fórum: 2,993
» Respostas do Fórum: 16,504

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
9 Benefícios do Açúcar de Coco – Receitas e Dicas
Última Resposta Por: Jahaisa
28-11-2017 10:07 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 1735
A culinária de insetos na Finlândia
Última Resposta Por: Bruna T
27-11-2017 11:21 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 391
Chegou à Finlândia o pão feito com farinha de grilo
Última Resposta Por: Bruna T
27-11-2017 11:02 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 93
Insectos ganham terreno nos supermercados franceses
Última Resposta Por: Bruna T
27-11-2017 11:01 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 40
7 Benefícios do Óleo de Copaíba
Última Resposta Por: admin
08-11-2017 12:39 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 1952
Benefícios do leite de soja
Última Resposta Por: Bruna T
02-11-2017 04:08 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 920
Arroz: História da Culinária Japonesa
Última Resposta Por: Bruna T
02-11-2017 03:57 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 164
Tofu o alimento ideal
Última Resposta Por: Bruna T
02-11-2017 03:49 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 84
[Estudo] Óleo de Coco é Melhor que Qualquer Outro Creme Dental
Última Resposta Por: admin
31-10-2017 02:09 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 751
O que é alho negro? Para que ele serve?
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 07:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 239
Pronto em 10 minutos! Você já experimentou o Pão de Frigideira?
Última Resposta Por: admin
30-10-2017 07:24 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 109
8 benefícios de um dente de alho por dia
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 07:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 108
[Estudo] Curcumina Demonstrou Reduzir o Aumento de Peso Pós-Menopausa
Última Resposta Por: admin
30-10-2017 07:00 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 55
Como curar a acidez com manjericão
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 03:52 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 63
Como desinflamar a próstata
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 03:47 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 99
Remédios caseiros para a próstata aumentada
Última Resposta Por: Bruna T
30-10-2017 03:41 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 79
Remédio milagroso para curar artrite e dor nas articulações
Última Resposta Por: chatimportante
26-10-2017 03:06 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 720
Como saber se você tem síndrome da visão do computador (e como se curar)
Última Resposta Por: Bruna T
25-10-2017 01:17 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 351
O perigo de passar horas de frente para as telas do computador, smartphone e tablet
Última Resposta Por: Bruna T
25-10-2017 01:09 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 186
9 Remédios Naturais para Diarreia
Última Resposta Por: admin
24-10-2017 03:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 101
18 Benefícios da Jabuticaba: Para Que Serve e Propriedades
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 08:13 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 205
37 receitas com soja para um dia a dia muito mais nutritivo
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 07:53 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 58
3 dicas para preparar a carne de soja mais gostosa que você já comeu
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 07:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 54
Carne de soja 7 Benefícios da Carne de Soja para Boa Forma e Saúde
Última Resposta Por: Bruna T
23-10-2017 07:37 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 111
Açúcar, a droga do século
Última Resposta Por: Bruna T
21-10-2017 02:13 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 266
12 Sinais de que Você está Comendo Muito Açúcar
Última Resposta Por: Bruna T
21-10-2017 02:05 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 157
Os 10 Melhores Remédios Naturais Para Dores nas Articulações
Última Resposta Por: Bruna T
20-10-2017 02:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 153
Remédio caseiro para inflamação das articulações
Última Resposta Por: Bruna T
20-10-2017 01:56 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 143
Remédios eficazes para as dores nas articulações
Última Resposta Por: Bruna T
20-10-2017 01:52 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 129
Ter filhos, ou nao?
Última Resposta Por: Julio
19-10-2017 02:23 PM
» Respostas: 85
» Visualizações: 27219

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!